Secretaria de Governo afirma que formalizará a participação da sociedade em Fórum

A definição das entidades participantes deve ser na próxima quarta

photo (5)

Com seis horas de antecedência, às 12h40, desta quarta-feira (21/8), a Secretaria de Governo do Distrito Federal convocou para uma reunião às 18h30, as instituições que fizeram parte do Comitê Gestor da Mobilidade por Bicicletas, instância que se encontra desativada desde abril deste ano. De acordo com os representantes do Governo, a reunião foi convocada para discutir a participação da sociedade civil no Fórum de Mobilidade por Bicicleta, considerada extraordinária segundo o decreto que instituiu essa estrutura.

O objetivo do encontro é dissociado do conteúdo da carta ao GDF, a ser encaminhada ao governador na próxima semana, e que reivindica a formação de uma estrutura mais ampla, um Conselho de Mobilidade e de Acessibilidade, para além da mobilidade por bicicleta. As instituições que desejarem aderir ao texto devem encaminhar email para [email protected]. A carta está no site da Rodas da Paz.

O convite de última hora talvez tenha impossibilitado a participação das demais entidades, resultando apenas a presença da Rodas da Paz, que compareceu com seu Presidente e Vice-Presidente da ONG, Jonas Bertucci e Phillip Fiuza Lima. Por isso, sugerimos que fosse marcada nova data de forma a haver participação efetiva também de outras organizações e grupos relacionadas ao tema. A nova reunião foi definida para a próxima quarta-feira (28/8), às 18h30, nas dependências da Secretaria de Governo.

Estavam presentes ao encontro o secretário de Governo, Gustavo Ponce de Leon Soriano Lago, um representante da Casa Civil, José Ricardo Bianco Fonseca, seu assistente, Paulo Alexandre e representação da Juventude do PSB, André Dutra.

Os representantes do governo explicaram que o objetivo do fórum é a execução do plano de mobilidade por bicicleta, resultado do trabalho do Comitê de Mobilidade por Bicicleta, extinto em abril passado.

O vice-presidente da Rodas da Paz, Phillip Fiuza Lima, questionou o alcance do Fórum e insistiu na necessidade de que haja alinhamento e compromisso sobre as políticas de mobilidade para além da bicicleta. Um Conselho de Mobilidade é a ferramenta mais adequada de participação. Além disso, explicou que a participação da sociedade no Fórum deve ser formalizada. Esta formalização poderá ser feita, segundo o secretário, por meio de uma portaria da secretaria.

O presidente da Rodas, Jonas Bertucci, lembrou que, no Comitê de Mobilidade por Bicicleta, várias questões relevantes apresentadas pela Rodas da Paz e por outras entidades não foram consideradas. O trabalho do comitê não se baseava em consenso e a participação da sociedade era frágil. Por isso, deve haver maior flexibilidade para adequação de metas e prioridades do plano de mobilidade por bicicleta.

Tendo em vista a reunião a ser realizada na quarta-feira, a Rodas da Paz convida todas as entidades signatárias da carta e demais interessados a um encontro na sua sede, às 19.30hs de terça-feira, 27/08, para construir uma estratégia conjunta de participação no Fórum de Mobilidade por Bicicleta a partir do contexto mais amplo de reivindicação do Conselho de Mobilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *