Secretaria de Mobilidade mapeia ciclovias existentes com apoio de ciclistas dia 30

Secretaria de Mobilidade mapeia ciclovias existentes com apoio de ciclistas dia 30

A Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal​ divulgou documento com as instruções para o mapeamento colaborativo das ciclovias do DF, previsto para iniciar no sábado (30/05).

A intenção inicial é a de identificar as ciclovias existentes, já que não há dado oficial confiável sobre a extensão da malha cicloviária do DF. O mapeamento de rotas cicláveis, sugerido na reunião com os usuários de bicicletas, ficou para ser realizado em um outro momento.

A SEMOB/DF deve ainda fornecer tutoriais para alguns aplicativos de registro das rotas no smartphone, que gerem arquivo no formato .kml ou .gpx. No encontro da oficina colaborativa, foi sugerido por diversos ciclistas adotar a mesma ferramenta utilizada no mapa cicloviário do Rio e de São Paulo, o Mapillary associado ao OpenStreetMap. Tanto o Rio como São Paulo incorporam tanto ciclovias como as ciclorrotas em seus mapeamentos. A iniciativa do Rio de Janeiro virou inclusive um aplicativo para celular.

Sugerimos que os itens a serem observados no mapeamento sirvam para mais que um plano de manutenção “tapa buraco”, e sirvam para readequação dos projetos de conexão e interligação. A falta de iluminação pública, as travessias com preferência para os carros, conflitos com pedestres, rampas com desnível irregular também merecem registro.

Os arquivos .KML ou .GPX e links de mapas gerados devem ser enviados para [email protected]

Acesse o documento orientador da SEMOB para o mapeamento.

O DF já conta com um mapa colaborativo de bicicletários e paraciclos, veja aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.