Recordação de como foi o 2016 para a Rodas da Paz

A Rodas da Paz agradece o apoio que recebeu durante todo o ano de 2016. A colaboração de todos foi fundamental para a garantia dos resultados obtidos. E estamos aqui para avisar que em 2017 nossa luta irá continuar!

Em 2016 a Rodas da Paz deu continuidade ao trabalho de promoção à mobilidade sustentável. Com sucesso, conseguimos promover o debate com importantes nomes das políticas públicas sobre a bicicleta no Distrito Federal. Além disso, colocamos na prática projetos e atividades que trouxeram resultados significativos na questão da mobilidade ativa em várias cidades do DF.
Em Águas Claras realizamos mais uma contagem de ciclistas, mas dessa vez, a ciclofaixa já estava implantada na Avenida das Araucárias, o que mostrou um resultado surpreendente.
O passeio ciclístico anual contou com pelo menos 4 mil ciclistas, com o tema “Todo dia é Dia do Ciclista!”. Foram realizados dois percursos, o tradicional e o infantil, carinhosamente chamado de Rodinhas da Paz.
Foi re-encaminhado ao Congresso Nacional proposta elaborada pela Rodas da Paz para que o dia 19 de agosto seja reconhecido oficialmente o como Dia Nacional do Ciclista. Nesta data, em centenas de cidades são realizados eventos para a divulgação do uso da bicicleta e campanhas de respeito e proteção aos que pedalam. O projeto encontra-se em tramitação.
Outro sucesso do ano foi o projeto Doe Bicicleta que só no primeiro semestre do ano arrecadou 270 bicicletas. Já no final do ano, foi fechada uma parceria entre metrô do DF e Rodas da Paz para que fossem arrecadar mais bikes.


Contagem de ciclistas em Águas Claras

Um ano após a primeira contagem, e seis meses após a implantação da ciclofaixa em Águas Claras, na Avenida das Araucárias, a Rodas da Paz realizou uma nova contagem no cruzamento entre a avenida Araucárias e a Rua das Pitangueiras, que tem acesso direto à estação Arniqueiras do Metrô-DF, e os resultados são surpreendentes!

unnamed (1) unnamed

  • O volume total de ciclistas ao longo do dia apresentou um aumento de 41%;
  • Aumentou consideravelmente o uso da bicicleta durantes a noite, com pico em 2016 no horário entre 19h e 20h;
  • Aumentou a participação no uso bicicleta entre jovens ciclistas, no grupo de 12 a 18 anos de 10% para 15%;
  • Caiu o uso da calçada de 30% para 5%;

Leia mais


unnamed (3) unnamed (2)

Todo dia é dia do ciclista!
Passeio Ciclístico Rodas da Paz

Neste ano de 2016, em 21 de agosto, tivemos o tradicional passeio ciclístico da Rodas da Paz, realizado anualmente. O tema escolhido para o ano foi “Todo dia é dia do ciclista!”. A edição contou com o percurso tradicional que vai até a ponte JK, e pelo terceiro ano consecutivo foi feito o percurso menor, que se concentrou na Esplanada dos Ministérios, o Rodinhas da Paz, destinado ao atendimento das crianças.
O evento reuniu em média 4 mil ciclistas que, ao pedalarem juntos, garantiram a visibilidade para a causa da mobilidade ativa no trânsito de nossas cidades e para reforçar o compromisso do Governo com melhorias nas condições de mobilidade da população. Este passeio teve também foco na busca pela oficialização do Dia Nacional do Ciclista.

Leia mais

Antecedendo o passeio também foi realizada uma homenagem a Pedro Davison, com uma missa que foi celebrada na Catedral de Brasília, no 19 de agosto, reconhecido como o Dia do Ciclista.

Leia mais

unnamed (4)


 

Desafio Intermodal

O 8º Desafio Intermodal aconteceu no dia 26 de setembro. Contando com 26 voluntários divididos em 12 modalidades de transporte foram percorridos no total 14km. Assim como nas edições anteriores, a bicicleta se destacou como meio de transporte mais eficiente. O melhor tempo, apesar de ter sido feito por uma moto, ainda sim saiu em desvantagem com relação à bicicleta por conta da emissão de poluentes.

unnamed (5)


unnamed

 


Um pouco mais sobre a formação de voluntários

Neste ano foi feita a 4ª formação de voluntários da Rodas da Paz. Nos dias 6 e 7 de agosto, entusiastas conversaram mais sobre mobilidade urbana, políticas de incentivo à bicicleta, além de entender melhor sobre a realidade do DF.

unnamed (1)


Como foi a Semana da Mobilidade nesse ano?

Nesse ano a Semana da Mobilidade foi cheia de novas atividades que ocuparam várias cidades do Distrito Federal, buscando a valorização das pessoas e dos espaços públicos.
Na Cidade Estrutural rolou o Pimp my bike. Por ser uma das cidades onde as pessoas mais utilizam a bicicleta como meio de transporte, a Rodas da Paz foi lá para realizar pequenos reparos nas bicicletas da população.
A Rodas também marcou presença no Centro de Convenções Ulysses Guimarães junto no Enacor, com um stand sobre mobilidade ativa junto a Bike Anjo DF.

unnamed (2)


Repense Ponta Norte e mais sobre a EPTG

No dia 10 de setembro foi feita uma reunião para discutir sobre as obras do TTN na Ponte do Bragueto e saída norte com a turma do Repense Ponta Norte.
Já no dia 17 de novembro, foi feita uma reunião entre a Rodas da Paz e o DER para que fosse conversada a questão da ciclivia na EPTG, além de relembrarem a questão do TTN.

unnamed (6) unnamed (3)


Doe Bicicleta em 2016

Retomando as atividades o Doe Bicicleta voltou a todo vapor. No primeiro semestre do ano foram arrecadadas 270 bicicletas, que foram distribuídas para diversos projetos sociais, incluindo uma comunidade de refugiados que foram acolhidos no Brasil. A entrega aconteceu no Parque da Cidade, como parte das atividades do Dia Mundial de Boas Ações.
O projeto também contou com a doação de uma nova carretinha, feita pela embaixada da Austrália, para coletarmos as bicicletas.
Por fim, foi realizada uma parceria entre a Rodas da Paz e o Metrô do DF para que fosse realizada a coleta de bicicletas. O projeto “Doe Mobilidade”, foi realizado nos dias 14 e 15 de outubro na Estação Central do Metrô.

unnamed (8)unnamed (7)

unnamed (12) unnamed (11)


Menção honrosa III Prêmio – A promoção da mobilidade por bicicleta no Brasil

A Rodas da Paz recebeu Menção Honrosa relacionada à Ação Educativa e Conscientização com o projeto Caminhos da Cidade. A premiação recebeu tantos concorrentes bons, que ao invés de serem dadas apenas duas menções honrosas a projetos de todo Brasil, foram oferecidas três, sendo a Rodas da Paz uma das premiadas com o título.

 

 

unnamed (13)


E 2017?

Fizemos muito em 2016, não podemos e nem vamos desanimar, a luta pela promoção da mobilidade ativa, sustentável e promoção de políticas educativas para ciclistas e motoristas, bem como a melhora de infraestrutura para que ciclistas tenham mais segurança, vão continuar como principal prioridade em 2017.
Sabemos que nenhuma mudança é instantânea, são conquistas diárias e os resultados virão em processo de construção.
A Rodas da Paz faz o seu melhor na luta para que, a cada dia, o Distrito Federal se torne mais preparado para ter o uso da bicicleta como elemento importante de sua mobilidade, valorizando a que todos os modais, para além do uso do automóvel particular, possam ser contemplados na prioridade dos investimentos públicos.  A promoção de um cotidiano harmonioso entre as diferentes opções, e sua integração e qualidade, são fundamentais para que nossas cidades sejam eficientes em sua mobilidade, propiciando qualidade, respeito à vida, e o uso das cidades por seus habitantes.

Que venha 2017, com mais realizações, lutas e conquistas!

 

 


unnamed (4)

 

2 ideias sobre “Recordação de como foi o 2016 para a Rodas da Paz

  1. Vitoria

    Que tudo de bom que 2016 trouxe, seja multiplicado em 2017 e que o ano seja de novas conquistas, trazendo cada vez mais benefícios, oportunidades e acima de tudo buscando preservar a vida.

    Parabéns!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *