Feirão da Rodas incentiva mais pessoas a pedalar em 2020

Feirão da Rodas incentiva mais pessoas a pedalar em 2020

2020 foi um ano de desafios e muitas transformações. Dentre tantas mudanças, perdas, superações e reflexões pelas quais todos nós passamos, está a reavaliação sobre nosso modo de vida, sobre respeito, sobre sustentabilidade. Nesse contexto, uma das boas notícias que tivemos este ano foi o aumento considerável da venda de bicicletas. Em agosto, registrou-se um aumento de 93% em relação ao ano passado. Mais pessoas pensando um meio de transporte sustentável, que una segurança e saúde.

A Rodas da Paz contribui para essa transformação há 17 anos e não poderia ser diferente este ano. Fechamos 2020 com a realização de dois Feirões de Bikes usadas, incentivando as pessoas a começarem a pedalar.

O segundo Feirão aconteceu no último dia 20, na W3 Sul, numa parceria com a loja Infinu. “Foi bem legal. Nós vendemos cinco bikes usadas, muita gente curtiu as bicicletas diferentes que apresentamos e ainda divulgamos o livro Pedalar é Suave“, pontuou Raphael Dorneles, coordenador da Rodas. Além disso, o evento contou com novas associações.

Maiene Horbylon, dona da Infinu, não só organizou o evento como vendeu e comprou bike! Ela explica que a troca de bicicletas não estava programada. “Eu não tinha pensando em trocar, mas na hora aconteceu! Minha bike era guerreira, ia comigo para muitos lugares e foi presente de uma amiga, ela nem tinha marcha, mas agüentava muito! Quem comprou, a Paloma, nunca andou e veio no feirão querendo começar. Como ela quis comprar a minha acabei vendendo e comprando a outra na hora”, conta, Maiene.

Maiene (direita) e a bike que vendeu a Paloma

E a nova aquisição de Maiene já chegou pra ela cheia de história. A bike, uma speed urbana, foi trazida pelo Guilherme Queiroz, da Rodas, direto de Berlim, já com muitas voltas pelo mundo. Guilherme comprou a bike de uma amiga, que, à época, contou que o dono anterior tinha adquirido na Bósnia e foi pedalando até Berlim. “Quando ela contou essa história, eu me apaixonei, a bicicleta não é só uma engrenagem, é a história que ela carrega”, completou.

A nova bike da Maiene, cheia de história

Outro vendedor foi o Hermes, analista de TI que soube do Feirão pelo Instagram de um amigo. “Fui no feirão pra vender minha bike porque não estava usando mais e não podia guardar mais no local onde guardava no prédio onde eu moro. Achei que era melhor que outra pessoa pudesse usar do que ficar com ela amarrada em lugar desprotegido tomando sol e estragando”, explicou. “O evento foi ótimo, nos divertimos, o pessoal do Rodas da Paz e outros convidados ajudaram a vender a bike. Compramos livros (Pedalar é Suave) para dar de natal para as crianças da família e me associei. Importante ajudar bons projetos”, completou.

Esperamos que, em 2021, as novas bikes tragas muitos bons momentos aos seus compradores. Muita saúde a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.