Desafio Intermodal 2018 – Resultados

Mais uma vez o destaque do Desafio Intermodal foi a bicicleta, que garantiu as duas primeiras colocações do Desafio 2018. A bicicleta speed ficou em primeiro lugar além de garantir o melhor tempo com 20’35”. A bicicleta urbana ficou em segundo lugar e chegou ao destino com 40’28”, o mesmo tempo de quem se deslocou de ônibus. Com relação ao tempo de deslocamento, o ônibus vem melhorando a cada ano desde 2016. Em 2018 apresentou uma melhora de 6 minutos com relação a 2017 o que garantiu a este modal a quinta colocação. A tendência é o ônibus ficar ainda mais atrativo quando a faixa exclusiva da EPTG funcionar.

O terceiro e quarto lugar ficaram com a integração bicicleta+ônibus e bicicleta+metrô respectivamente. Apesar do tempo maior de deslocamento, quando comparado com carros, o custo mais baixo e a menor emissão de poluentes garantiram as primeiras colocações a estes dois modais.

Com relação à integração bicicleta+metrô o tempo de deslocamento foi o maior do Desafio 2018 com exatos 46’50”. Através da pesquisa qualitativa realizada com os participantes, para este modal foi relatado que ele apenas conseguiu embarcar no 5º trem que passou devido à limitação de bicicletas nos vagões. Pelas distâncias a serem percorridas em Brasília essa integração entre bicicleta e metrô é uma das principais estratégias para a mobilidade urbana e por isso deve ser melhorada (a Rodas da Paz apresentou sugestões em 2015 e 2018 sobre o tema, confira aqui)

O alto custo do deslocamento utilizando Uber, carro e taxi, além da alta emissão de poluentes, conferiram a estes três modais as ultimas posições no Desafio 2018.

Confira abaixo o resultado completo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *