Análise da Construção das Ciclovias do Distrito Federal

MapaCicloviasDadas as denúncias recorrentes sobre a má qualidade de parte das obras cicloviárias no Plano Piloto feitas por diversos usuários de bicicleta que têm se deslocado por esses locais, a Rodas da Paz iniciou um trabalho de visita e fiscalização cidadã às obras.

Considerando também as dúvidas que ainda permanecem sobre as soluções que serão implementadas nos pontos de conflito e sobre a garantia de fluidez ao ciclista, nosso objetivo é acompanhar a execução das obras e continuar propondo melhorias aos órgãos responsáveis, por meio de relatórios e avaliações.

As análises a seguir consideram aspectos fundamentais no planejamento e na execução de infraestrutura cicloviária, quais sejam: segurança, conforto e continuidade no trajeto a fim de contribuir para a boa execução dos projetos e efetiva melhoria da mobilidade por bicicleta.

Análise Final da Ciclovia do Gama (Setembro de 2012)

Análise Final da Ciclovia do Guará (Julho de 2012)

Análise Final da Ciclovia da L2 e L3 Norte (Julho de 2012)

Apesar de inúmeras demandas da sociedade, o GDF tardou a disponibilizar para a população informações sobre o desenho das ciclovias que já estavam em andamento. O blog Biciclotheka foi atrás dos arquivos em Autocad em junho de 2012 e fez o trabalho de conversão para que os projetos pudessem ser visualizados por qualquer pessoa.

Em setembro de 2012, com as obras avançadas e após a pressão social, os arquivos foram disponibilizados no portal da transparência. Para visualizar todo o material acesse o link: http://www.transparencia.df.gov.br/PrestandoContas_Ciclovias/Forms/AllItems.aspx

Página atualizada em agosto de 2013.

11 ideias sobre “Análise da Construção das Ciclovias do Distrito Federal

  1. Rodrigo Moreira da Silva

    Olá
    Recentemente, fiz um pedido de informação a Administração regional do Sudoeste sobre a interligação da ciclovia que está construída a que está em construção no eixo monumental (pedido transcrito abaixo).
    Recebi a resposta que o projeto da construção é uma parceria com a Rodas da Paz.
    Venho pedir ajuda para que a interligação seja feita pois até o momento, não há sinal que isso ocorrerá.
    Acredito que o momento de fazer a solicitação é agora uma vez que a construção ainda não acabou.
    Por favor, me ajudem.

    Abaixo, segue o pedido de informação e a resposta do Administração do Sudoeste:

    Dados do pedido
    Protocolo: 00302.000002/2013-27
    Solicitante: Rodrigo Moreira da Silva
    Prazo de Atendimento: 02/07/2013 23:59:59
    Tipo de resposta: Correspondência eletrônica (e-mail)
    Descrição da solicitação: Solicito informar se a ciclovia do eixo monumental próxima a igreja Rainha da paz que está sendo construída será interligada a ciclovia da quarta avenida do sudoeste. Se a resposta for negativa, solicito informar a razão e se há previsão para a execução da obra.

    Resposta
    Bom dia senhor e em resposta a sua demanda informamos que a DIROB(Divisão de Obras)desta Administração orienta a procurar à NOVACAP, pois a obra da citada ciclovia é de responsabilidade deste Órgão em parceria com o “Projeto Rodas da Paz”. Ressalta ainda que o Eixo Monumental é circunscrição da Administração de Brasília, não tendo esta Administração competência sobre aquele local.
    Importante: no caso de indeferimento de acesso a informação, poderá ser interposto recurso através do sistema no prazo de 10 (dez) dias, conforme disposto no parágrafo único do art. 15 da Lei nº 12.527/2011.
    Visite o sítio para obter maiores informações.
    Agradecemos o contato!

    Responder
    1. vit

      ola rodrigo, a respeito da ciclovia entre em contato comigo estou criando um grupo e recolhendo asinaturas se tive interesse entre em contato comigo 9590-5181… seu nome me é familiar… se nao me engano vc era um que dirigia um corolla prata ,certo?

      Responder
  2. Rodas da Paz

    Prezado Rodrigo,

    A Rodas da Paz não possui parceria em execução relacionada às ciclovias, ela são um projeto executado apenas pelo GDF. A Rodas da Paz compõe o Comitê Gestor da Política de Mobilidade Urbana por Bicicleta, onde tentamos propor algumas mudanças no projeto cicloviário, especialmente nos pontos de travessia, mas nem sempre as sugestões são incorporadas pelo Poder Público. Você pode entrar em contato direto conosco? Quem acompanha mais de perto os projetos cicloviários é o nosso vice-presidente –> [email protected]

    Responder
  3. Ivan

    Me mudei recentemente para águas claras e me desloco sempre pela manhã bem cedo até a asa sul, onde trabalho. Tenho notado o crescente número de ciclistas que optam pelo uso da bike para o deslocamento ao trabalho, justamente no horário em que saio de casa e pego a EPTG até o início da asa sul.
    Gostaria de saber se existe, por parte do Rodas da Paz, a sugestão para construção por parte do GDF de uma ciclovia que dê mais segurança aos ciclistas que precisam trafegar pela EPTG.

    Obrigado

    Responder
  4. Diogo

    Olá,

    Primeiramente parabéns pelo trabalho e boa vontade, realmente precisamos de pessoas como vocês para melhoria de nossa cidade e desenvolvimento sustentável.

    Estou muito feliz que estamos começando a ter algumas “ciclovias”, pois sempre pedalei no meio dos carros… Mas por outro lado vejo soluções que são meio que improvisadas.

    Sou morador do lago norte, lá o que foi feito e é chamado de ciclovia foi que pintaram o acostamento… bom, eu sempre pedalei naquele acostamento, então para mim não fez muita diferença… Mas como vi nas analises que fizeram o problema é o mesmo, a “ciclovia do lago norte” (acostamento pintado) vai até um certo ponto e fim… não existe nenhuma passagem do lago norte para a asa norte e vise versa. A não ser no meio dos carros, ou atravessando uma rua que é quase impossível de atravessar…

    Mas continuo otimista e quem sabe teremos muitos “acostamentos pintados” em nossa cidade, bom já é melhor do que nada né, rsrsrsrs!

    Abração e novamente parabéns!
    Diogo

    Responder
  5. Fabio

    Poderiam postar aqui links de um canal direto do GDF para sugestões de melhoria para a ciclovia. Existem pequenas “rebarbas” como pontos onde o meio fio não foi rebaixado, ou placas de sinalização que atrapalham a circulação mas o site do GDF não facilita a inclusão de tais solicitações. Obrigado e parabéns pela participação no projeto.

    Responder
  6. Antonio Cezar A. de Paiva

    Sempre andei de Bike desde menino, minha 1ª foi uma Caloi “arco duplo” 66, e BSB era um paraíso se andava até os anos 90 por toda Brasília numa boa.
    Hoje com esta “infestação” de carros por aqui, só nas ciclo bykes é possível ter um pouco mais de segurança.
    Eu louvo a Deus porque apareceram pessoas abençoadas como vocês para melhorar nossos trajetos por meio do uso das magrelas.

    Responder
    1. Rodas da Paz

      A melhor maneira de se obter informações sobre as ciclovias nas rodovias é participando das reuniões do grupo de trabalho sobre mobilidade do Departamento de Estradas de Rodagem do DF – DER/DF. Para saber mais sobre o grupo, acesse: https://goo.gl/bWhQdK.

      Responder
  7. Leticia

    Olá,
    A ciclovia que está sendo construída do Sudoeste econômico para o Sudoeste está meio estranha, não? Fizeram uma ciclovia paralela a uma já existente no Eixo Monumental e agora parece que ela vai atravessar a área verde entre o Sudoeste e o Cruzeiro rente à pista, perto da calçada. Espero estar enganada, mas parece que vai ser assim! Muitas árvores serão derrubadas… existe espaço no meio do canteiro. A gente sempre espera que esses projetos sejam feitos por técnicos responsáveis, mas várias vezes nos decepcionamos. Talvez fosse bom ver ANTES que comecem! Os tratores estão lá a todo vapor…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *